A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) realizou, nesta quinta-feira (5), em sua sede em Brasília (DF), a solenidade de entrega da Medalha Amigo do Comércio aos senadores Lucas Barreto (PSD-AP), Oriovisto Guimarães (Podemos-PR), ,Izalci Lucas (PSDB-DF) e aos deputados federais Perpétua Almeida (PCdoB-AC), Alan Rick (União-AC) e Luísa Canziani (PSD-PR), que se destacaram no Congresso Nacional por suas atuações em favor do comércio do Brasil.

Eles receberam a medalha das mãos do presidente da CNC, José Roberto Tadros. Também participaram da solenidade o 1º vice-presidente da CNC, Valdeci Cavalcante; o 2º vice-presidente, Luiz Carlos Bohn; o vice-presidente Financeiro, Leandro Domingos, os vice-presidentes Darci Piana e Eliezir Viterbino, e o presidente da Fecomércio-DF, José Aparecido Freire.

Reconhecimento

Instituída por meio da Resolução CNC nº 539/20, a Medalha Amigo do Comércio é uma honraria concedida a autoridades públicas e da iniciativa privada como forma de reconhecer sua atuação em defesa do comércio de bens, serviços e turismo. A comenda também é conferida a personalidades nacionais que contribuíram para o comércio e que se tornaram merecedores desta homenagem e da gratidão dos empresários.

O presidente José Roberto Tadros agradeceu aos parlamentares o esforço e a dedicação às pautas de interesse do setor. Ele ressaltou a importância de fortalecer o Sistema Comércio no Congresso Nacional, a fim de manter os serviços prestados de apoio à classe empresarial e, sobretudo, de apoio à educação básica e à formação profissional.

“As nossas instituições, como o Sesc e o Senac, chegam a mais de 2,5 mil municípios, oferecendo cultura, esporte, lazer e qualificação de alto nível para milhões de brasileiros. Essa estrutura, devidamente fiscalizada pelos órgãos de controle, não pode ser alvo de incompreensões. O nosso trabalho tem compromisso verdadeiro com o Brasil”, afirmou o presidente.

Agradecimentos

Economista, empresário e educador, o senador Oriovisto Guimarães frisou, primeiramente, a importância das redes do Sesc e do Senac para o Brasil, cujas atividades ajudam na formação de crianças e jovens e na qualificação de trabalhadores. Ele também ressaltou que, no Senado, embora seja favorável à reforma tributária, a proposta que tramita na Casa é o “remédio errado para o paciente enfermo”.

“Eu tenho me posicionado claramente contra a PEC 110/19 (reforma tributária), que amplia a base tributária ao setor de serviços e desorganiza a economia. Tudo o que eu puder fazer para defender o comércio, eu farei, porque foi para isso que eu vim”, enfatizou o senador.

A deputada federal Luísa Canziani, que atuou de forma competente em diversas pautas de interesse do comércio, destacou que a homenagem da CNC é um reconhecimento à sua defesa enfática do empreendedorismo, da geração de empregos e da inovação. Ela ressaltou a liderança do presidente José Roberto Tadros, sobretudo em meio aos desafios da pandemia. “Não posso deixar de mencionar o presidente Tadros, que tem sido uma inspiração para todos nós. Por isso, deixo o meu carinho e gratidão”, disse ela.

O senador Izalci Lucas reafirmou o apoio ao setor de serviços na reforma tributária. Em seu discurso, ele disse que os empresários não podem ser mais penalizados com o aumento de impostos e encargos. “A minha defesa da área empresarial, da educação e da tecnologia, eu faço por convicção”, afirmou.

Lucas Barreto agradeceu o reconhecimento da CNC e destacou que seguirá representando o comércio no Senado, pois defendê-lo é defender o emprego, que é a mola propulsora da economia e dos direitos sociais, sobretudo da dignidade humana. “Receber esta comenda da entidade que representa o comércio brasileiro é muito mais do que poderia imaginar”, declarou.

Pela Educação

A deputada Perpétua Almeida lembrou a sua luta em defesa do Sistema Comércio, sobretudo do Sesc e Senac, durante a apreciação da Medida Provisória 907/19, que retirava recursos do Sistema S para custear a Embratur. O texto foi aprovado no Congresso Nacional, sem este dispositivo. “O trabalho do Sesc é tão forte, profundo e enraizado na vida dos brasileiros, nas nossas vidas, que quando os parlamentares se deram conta disso, eles se mobilizaram pelo que é justo. O Sesc está nas comunidades pobres do País e ajuda a transformar a vida das pessoas e isso tem um significado”, disse a parlamentar.

O deputado Alan Rick também lembrou a sua participação na MP 907/19, em defesa do Sistema Comércio. “Fui aluno do Senac e sei de sua importância para a vida de quem está começando no mercado de trabalho”, afirmou. Ele ressaltou ainda outros projetos de apoio ao comércio, os quais ele votou favoravelmente, resultando na vitória da classe empresarial. “Fico honrado de receber esta medalha e quero parabenizar todos os colaboradores do Sistema Comércio. Eu tenho orgulho de carregar na minha história o fato de ter sido aluno do Senac”, afirmou.