Um dos serviços oferecidos pelo SINDIFARMA, em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Tocantins – Fecomercio-TO é a Comissão de Conciliação Prévia, responsável por mediar e tentar conciliar os conflitos individuais da relação entre empregado e empregador.

 

Por meio de uma negociação consensual, rápida e simplificada, qualquer empresário do comércio de bens, serviços e turismo, bem como trabalhador desse mesmo segmento, pode resolver questões trabalhistas sem a obrigatoriedade de assistência jurídica. A comissão tem caráter liberatório geral, ou seja, se o acordo atender a totalidade do pedido, não cabe mais recurso à Justiça. As partes interessadas põem fim ao conflito de interesses, mediante livre negociação, em Sessão de Conciliação feita com a presença de dois conciliadores – um designado pelo sindicato patronal, e outro pelo sindicato dos empregados.

 

As câmaras de conciliação foram criadas no Brasil através da Lei Federal 9.958 de 12 de janeiro de 2000, e atualmente estão na CLT- Consolidação das Leis Trabalhistas. As comissões de conciliação prévia estão destinadas a solucionar, ou, tentar solucionar os conflitos decorrentes das relações trabalhistas.

 

Havendo entendimento entre as partes, a Comissão lavra termo de conciliação assinado pelo empregado, pelo empregador e pelos conciliadores patronal e laboral. O respectivo termo tem eficácia liberatória geral e vale como título executivo extrajudicial.

 

A Comissão tem conseguido aproximadamente 80% dos acordos. No Tocantins as câmaras funcionam nas cidades de Palmas, Gurupi e Araguaína, em horário comercial.

 

 

 

Para marcar audiência basta entrar em contato com as unidades Fecomercio-TO, pelos fones:

 

 

 

(63) 3228-1900 (Palmas)

 

(63) 3421-3331 (Araguaína)

 

(63) 3312-1285 (Gurupi)