Os presidentes do Sindicato do Comércio Varejista de Material Elétrico, Eletrônicos e Eletrodomésticos do Rio (Simerj), Antonio Florencio de Queiroz Junior, e do Sindicato dos empregados no Comércio do Rio, Márcio Ayer Côrrea, assinaram nesta terça-feira (19/07) a Convenção Coletiva de Trabalho 2022/2023 da categoria.

Foto: Divulgação

Os empregados do segmento terão um reajuste salarial de 10% a partir de outubro e um abono de R$ 650 pagos em duas parcelas de R$ 325 nas folhas de agosto e setembro. O piso salarial passa a ser de R$ 1.439 a partir de outubro.

Outro ponto negociado foi a manutenção das demais cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho reajustada em 10%. Na CCT, o benefício social familiar passa para R$ 16 e o lanche para R$ 27,50, a partir de 1º de setembro.

“Buscamos com esse novo acordo apoiar as empresas dentro do cenário econômico atual e fortalecer o comércio e comerciários nesse momento delicado em função dos desdobramentos da pandemia”, destacou o presidente do Simerj, Antonio Florencio de Queiroz Junior.