A Fecomércio Jovem é a primeira iniciativa do Brasil a ser criada por uma Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo e foi lançada na última quarta-feira (03/08)

Nesta quarta-feira (03/08), durante o evento “Cenário Econômico do Brasil”, o presidente da Fecomércio-GO, Marcelo Baiocchi, realizou o lançamento da Fecomércio Jovem, a nova iniciativa da Federação para atuar junto aos jovens empresários do Estado de Goiás.
A Fecomércio Jovem é a primeira iniciativa do Brasil criada por uma Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo e surge com o objetivo de auxiliar na formação e qualificação dos empresários.

Foi formado um grupo de jovens empresários que se dedicarão a planejar e executar eventos de networking, além de trabalharem diretamente com o Sesc e o Senac na estruturação de projetos para fomentar o desenvolvimento destes empreendedores.

A ideia, a princípio, é desenvolver um curso de preparação para qualificar os empresários que muitas vezes abrem uma empresa sem o conhecimento necessário de gestão, processos e controles para administrarem seus negócios.

O público alvo da iniciativa são os empresários ligados à Federação, mas qualquer jovem empresário pode ter acesso para participar dos projetos e eventos. Quem tiver interesse em participar da iniciativa, deve ficar atento ao instagram @fecomerciojovem, que será o principal canal utilizado para divulgar as programações e eventos.

De acordo com o presidente da Fecomércio Jovem, Emerson Tokarski, além deste curso, o grupo quer promover eventos focados no desenvolvimento de aplicações e inovações ao comércio goiano, proporcionando ideias e soluções para os associados aos sindicatos da Fecomércio-GO.

“A criação da Fecomércio Jovem é super positiva por diversos motivos, mas o principal deles é que agora o jovem empreendedor e empresário goiano terá um foco especial dentro do Sistema S, que será de muita ajuda para o desenvolvimento do comércio local”, afirma Emerson Tokarski sobre a importância do projeto.

“Estamos aqui para mostrar que é importante participar e investir nas atividades classistas porque é muito importante que as entidades tenham continuidade. A nossa ideia é formar grandes lideranças, principalmente entre os jovens que virão a nos substituir. Vamos fomentar junto a vocês ações e atividades para que os empresários possam se capacitar cada vez mais, não só com foco na liderança, mas também na atividade empresarial que cada um de vocês exerce”, explicou Baiocchi sobre a integração da Fecomércio Jovem com todo o Sistema S.

Crédito imagens: Alex Malheiros