Estimular a inovação nos negócios e as relações bilaterais de comércio entre empreendedores baianos e do país lusitano são objetivos que unem a Câmara Bahia Portugal e a Fecomércio-BA. No dia 07/06, o evento Café com Portugal (parte das comemorações pelo Dia de Portugal) celebrou o início de uma parceria entre a Câmara, a Fecomércio-BA, Sebrae Bahia e Senac.

Durante o encontro, os participantes puderam acompanhar a palestra on-line de Francisco Costa, diretor da AICEP –  Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal e Conselheiro Econômico da Embaixada de Portugal no Brasil. Costa ressaltou aspectos que atraem investidores para o país, a exemplo da posição estratégica no continente europeu. “Portugal é a porta de entrada para muitos países da União Europeia, o que possibilita chegar a um número de cerca de 500 milhões de consumidores”, ressaltou

Costa falou ainda que Portugal é um país aberto ao investimento estrangeiro, e, especificamente com o Brasil, há vantagem com relação ao idioma. Entre os aspectos relacionados a oportunidades, o diretor abordou alguns setores estratégicos, especialmente no âmbito da dinâmica entre o ecossistema de inovação dos dois países.

Ele lembrou que, assim como no Brasil, a maior parte das empresas em Portugal são de micro ou pequeno porte. “Estabelecemos aqui uma relação de mão dupla. Queremos que as empresas baianas tenham maior presença em Portugal e que empresas portuguesas tenham maior presença na Bahia”, concluiu.

O presidente eleito da Fecomércio-BA, Kelsor Fernandes, reforçou o trabalho em parceria para suprir os empresários com informação e conhecimento. “Nossa missão é oferecer todo o apoio necessário para que os empresários possam desenvolver suas funções e desempenhar suas atividades”, afirmou. Kelsor também destacou que uma das metas é aproximar o promissor ecossistema de inovação de Portugal com os empresários baianos, lembrando que a Fecomércio-BA mantém uma Câmara de Inovação e Teconologia, dentre outras câmaras setoriais.

O superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, destacou que a instituição vem atuando, por meio da Coordenação de Internacionalização, para contribuir com o acesso ao mercado externo por parte das micro e pequenas empresas. “Portugal é uma das principais portas de entrada para o mercado internacional. Por isso, é fundamental, não apenas estreitarmos as relações, mas também preparar as empresas para acessar esse mercado de forma competitiva. E é preciso ressaltar a importância da união de esforços, por meio de parcerias, para alcançarmos esse objetivo, pois juntos chegamos mais longe”.

Em 2021, o Sebrae viabilizou a participação de 10 empresários ao Web Summit, conferência internacional focada em inovação tecnológica, que aconteceu em Lisboa As empresas baianas participantes do evento foram selecionadas por meio de um edital. A missão internacional possibilitou que os empresários buscassem investidores e também se conectassem com potenciais compradores de outros países.

O cônsul de Portugal em Salvador, Jorge Fonseca, também participou do encontro, e falou da diversidade que compõe o Brasil. “Muitos estrangeiros pensam que o Brasil traz oportunidades apenas nos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo. Mas são muitos ‘Brasis’. É um país continental. Por isso, é fundamental definirmos estratégias e criarmos a sinergia necessária para fortalecemos as relações entre os dois países”.

O presidente da Câmara de Comércio Portuguesa no Brasil – Bahia, Ricardo Galvão, destacou que o encontrou foi uma oportunidade para fomentar os negócios entre as empresas baianas e o país europeu, a partir de uma aliança estratégica. “Portugal é um país de referência em muitas áreas e pode gerar muitas oportunidades para os empresários baianos”, conclui.