Crédito/Foto: Divulgação

Nos dois últimos anos, diversos setores precisaram se reinventar. Os turistas brasileiros também buscaram se adaptar a este cenário pós-pandemia. Um levantamento realizado em parceria entre o Ministério do Turismo e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mapeou que cerca de 57,2% das viagens, realizadas em 2021 aconteceram em carro particular ou ocorreram por meio de empresas de ônibus. 

Diante disso, o turismo regional ou “staycation” passou a representar, portanto, uma oportunidade de viver experiências incríveis, às vezes bem mais próximas do que se imagina. Este turismo de proximidade tornou-se tendência no Brasil, fortalecendo a retomada turística no país.

Com o slogan “Turismo Regional, os melhores destinos estão perto de você”, a nova campanha institucional da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) visa incentivar as viagens com destinos de até 300 km de distância, que podem ser muitas vezes dentro da própria região. Indo de carro ou de ônibus, é possível fazer viagens curtas ou até mesmo bate-e-volta, conhecendo um lugar novo, sem precisar ir para tão longe.

“Uma das vantagens do Brasil é a pluralidade e o acolhimento do brasileiro. Os roteiros de fim de semana tornaram-se, com a pandemia, mais comuns e um alívio na rotina dos brasileiros. Com tantos caminhos a desbravar, o turismo regional traz à tona a constatação de que os melhores destinos estão perto de cada brasileiro. Queremos incentivar este novo momento da atividade turística no país”, comenta Alexandre Sampaio, presidente da FBHA.