Crédito/Foto: Divulgação

A plataforma chegou à marca de 140 mil cadastros, no total. Os números deste ano já superaram os de 2019, ano anterior à pandemia. Segundo o Ministro do Turismo, Carlos Britto, o CADASTUR formaliza o setor e garante acesso às políticas públicas da pasta.

Outro dado apontado pelo ministério do turismo é que, em 2022, o número de organizadores de eventos regularizados cresceu quase 40%, desde o começo da pandemia, em 2020. Dos 140 mil inscritos no CADASTUR, 25% é de agências de turismo, seguidas de guias de turismo, meios de hospedagem, transportadoras turísticas e organizadores de eventos. Todas essas atividades são de registro obrigatório.

O guia turístico, Coleci dos Santos, atua na região da Chapada dos Veadeiros, no Centro-Oeste e está cadastrado há 10 anos. Para ele, fazer parte do CADASTUR, garante bom serviço aos turistas.

Para outros prestadores, o CADASTUR é opcional. É o caso das casas de espetáculo, centros de convenções, parques aquáticos, restaurantes, cafeterias, bares e similares, entre outros.

Para os turistas que buscam uma viagem ou um passeio tranquilo o CADASTUR é uma importante fonte de consulta, porque garante atividades regularizadas, que tendem a ser mais seguras.

Edição: Paula de Castro Ribeiro / Guilherme Strozi

Fonte: Agência Brasil.ebc